(48) 3338-8244 / 99141-6921

vendas@ilhafer.com.br

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Blog Ilhafer » Estrutura de concreto armado, metálica ou de madeira?
Estrutura de concreto armado, metálica ou de madeira?


https://img.edilportale.com/products/prodotti-14561-relc9899c8f-07b9-d664-0def-418003b07b98.jpg


Uma etapa importantíssima do seu projeto é a escolha do material que será utilizado na estrutura da sua obra.

A estrutura é, a grosso modo, quem mantém a sua edificação de pé e tem uma participação considerável no orçamento de uma obra. Mas, apesar de a grande maioria dos calculistas de estruturas serem engenheiros civis, este é um item fundamental a ser decidido junto com o seu arquiteto, independente do porte da obra, porque além da segurança, da durabilidade e do custo, o material empregado no sistema estrutural pode ser um grande definidor do partido arquitetônico* da sua edificação.

→ Traduzindo o arquitetês: Partido Arquitetônico é a ideia central e inicial que define e direciona um projeto de arquitetura. O desenvolvimento do projeto é a lapidação coerente, lógica, funcional e plástica do partido arquitetônico..

Ou seja, exceto em casos particulares em que um especialista em estruturas precise ser consultado, é o arquiteto quem vai definir qual será o tipo de estrutura adotado e o calculista vai dimensioná-lo seguindo o projeto de arquitetura.

Os três materiais básicos e mais comuns para estruturas são o Concreto Armado, o Aço (estrutura metálica) e a Madeira, e como tudo na vida, cada um tem as suas vantagens e desvantagens.
Estrutura de Concreto Armado

No Brasil, o concreto armado é o material mais comum e mais tradicional nas estruturas. Quando pensamos em construir a estrutura de uma edificação, já pensamos logo em cimento, areia, brita, varas de ferro, forma, escoras… Já faz parte da cultura construtiva do brasileiro.

Bem, se for uma obra pequena e simples, tudo bem. Provavelmente o custo vai ser baixo, a mão de obra não será muito qualificada, a estrutura ficará oculta e a sua obra provavelmente não será inviabilizada por causa do cronograma. Mas quando tratamos de grandes obras e ou de alta arquitetura, ou seja, de arquitetura premium ou de luxo, aí a coisa pode mudar de figura, principalmente em projetos mais arrojados, com uma pegada contemporânea ou desconstrutivista. (Leia aqui sobre a nossa definição dos padrões de arquitetura e construção e aqui sobre estilos arquitetônicos).

Vantagens do concreto armado:

    Disponibilidade: O material e as ferramentas necessárias são encontrados em qualquer esquina;
    Mão de obra mais abundante, pouco especializada e, consequentemente, mais barata;
    Durabilidade: A resistência do concreto aumenta com o passar do tempo;
    Manutenção praticamente zero;
    Plasticidade: O concreto se adapta a qualquer forma;
    Impermeável (quando recebe tratamento para tal) e resistente ao fogo.

Desvantagens do concreto armado:

    Peso próprio alto: Quanto maior o peso da obra, maior o gasto com a fundação (e a fundação tem uma participação relevante no orçamento);
    Tempo de execução: O concreto exige um tempo de cura que paralisa algumas etapas da obra (tempo morto);
    Organização do canteiro de obra: A estrutura de concreto armado é executada in loco e demanda vários materiais diferentes;
    Vários profissionais na obra: São necessários armadores, carpinteiros, pedreiros e ajudantes para a produção da estrutura de concreto armado;
    Reformas e demolições trabalhosas e caras;
    Meio ambiente: A produção do cimento consome uma alta quantidade de energia.

Estrutura em Aço (Estrutura Metálica)

A utilização de estrutura metálica em edificações não é tão comum no Brasil quanto no exterior, principalmente nos Estados Unidos. Por isso, muitas vezes os profissionais brasileiros deixam a sua utilização de lado em situações em que ela seria mais vantajosa que o concreto armado, por eles não estarem habituados a trabalhar com esse material.

O preço para a fabricação de uma estrutura metálica é dado pelo seu peso, então quanto mais esbelta e mais leve a estrutura, mais econômica ela será. Por outro lado, as peças são fabricadas com precisão milimétrica, logo a tolerância aos erros é muito baixa. Então, como esses erros podem, literalmente, custar caro, é muito importante contar com profissionais experientes, principalmente o calculista da estrutura e o responsável pelo seu detalhamento.

Vantagens da Estrutura Metálica:

    Peso próprio baixo: A estrutura metálica geralmente é muito mais leve que a de concreto, o que resulta em peças mais esbeltas e menos carga sobre a fundação;
    Prazo: Enquanto estão sendo feitos os serviços preliminares e a fundação, a estrutura metálica já está sendo fabricada e, quando liberada a sua montagem, esta é feita rapidamente através de soldagem, aparafusamento ou rebitagem;
    Organização do canteiro de obra: A estrutura  é toda produzida em uma fábrica e apenas montada na obra, num processo racional, sem desperdício de material ou espaço;
    São facilmente reparadas, modificadas ou reforçadas;
    Facilidade em vencer grandes vãos;
    Meio ambiente: Além da estrutura poder ser desmontada e reaproveitada, o aço é totalmente reciclável e o desperdício de material é próximo a zero. Com a dispensa de formas e escoramentos, muita madeira deixa de ser descartada.
    Precisão dimensional e garantia de qualidade: Por ser um produto industrializado a fabricação da estrutura obedece a um controle de qualidade rígido que garante dimensões milimetricamente precisas, assim como a homogeneidade do material.

Desvantagens da Estrutura Metálica:

    Mão de obra: A estrutura metálica demanda mão de obra qualificada, que não é tão abundante no Brasil e, consequentemente, é mais cara que a necessária para a construção da estrutura de concreto armado;
    O aço necessita de tratamento contra chamas e corrosão;
    Custo: A estrutura metálica tem um custo mais alto que a de concreto armado, sendo sua vantagem econômica relacionada principalmente à diminuição do prazo de obra.
    Desembolso em curto prazo: Como a fabricação e a montagem são rápidas, o desembolso com a estrutura também é.

Estrutura de Madeira

A madeira é um dos materiais de construção mais antigos do mundo. É usada como estrutura desde que o homem resolveu construir um teto sobre a sua cabeça.

Apesar de se continuar sendo largamente utilizada nas estruturas de telhados e contar com tratamentos modernos que otimizam sua resistência e durabilidade, a madeira perdeu muito espaço nas estruturas das edificações do Brasil (exceto em algumas regiões específicas). Porém, para residências de alto padrão, sobretudo as contemporâneas e as que seguem a tradição construtiva brasileira, a madeira tem grande espaço, compondo belas estruturas aparentes, sendo utilizada sozinha ou combinada com concreto ou aço.

Vantagens da Estrutura de Madeira:

    Mais leve que o aço e o concreto armado;
    Ligações e emendas fáceis de executar;
    Material natural, reaproveitável e renovável;
    Custo relativamente baixo;
    Não necessita mão de obra altamente qualificada;
    Não demanda equipamentos e ferramentas sofisticados;
    Montagem rápida, sem exigência de tempo de cura;
    Beleza;
    Disponibilidade: É um material fácil de se encontrar e fácil de desdobrar peças grandes em outras menores;

Desvantagens da Estrutura de Madeira:

    Por ser um material orgânico, a madeira é heterogênea e pode apresentar muita variação entre as peças;
    Absorve e perde umidade facilmente;
    A madeira se dilata e se contrai facilmente, sofrendo alterações nas suas dimensões;
    Necessita de tratamento contra o ataque de insetos e fungos, assim como tratamento antichamas;

Mas qual o melhor material para a minha obra?

Como podemos deduzir facilmente, não é possível cravar qual o melhor material para estruturas. Para cada caso, podemos ter uma uma resposta diferente, pois contamos sempre com variáveis como custo, prazo, estética e partido arquitetônico.

Focando em residências de alto padrão, todos os três materiais apresentam muito bom resultado. Inclusive, eles não tem necessariamente que ser utilizados isoladamente. Podemos fazem combinações e composições com esses materiais, aproveitando as vantagens de cada um e minimizando as desvantagens.

Lembrando que além dos três materiais que tratamos aqui, ainda temos várias outras opções, como concreto protendido, alvenaria estrutural, steel frame, concreto pré moldado, bambu, etc. Por serem muitas opções, ficamos nas mais comuns e mais utilizadas, mas podemos, mais para frente, falar também dessas outras tecnologias.


http://altaarquitetura.com.br/estrutura-concreto-armado-metalica-madeira/

Home | A Empresa | Corte e Dobra | Tecnologia | Produtos | Serviços | Portfólio | Fotos | Blog | Fale Conosco

Ilhafer Ferro e Aço para Construção © 2017. CNPJ: 24.664.890/0001-02. Travessa Jambolão, nº. 55, Campeche, Florianópolis-SC - CEP: 88.066-023.

site desenvolvido por: www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3.